a

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore.

Instagram

Follow us

Italy Tintas

Conheça os erros mais comuns ao pintar a casa sozinho

Renovar o imóvel e dar outra cara às paredes é importante — mas pode sair pesado para o bolso. Assim, quem quer economizar, basta colocar a mão na massa (literalmente) e pintar a casa sozinho.

No entanto, é muito fácil se enrolar no processo e cometer alguns erros básicos. Por isso, a Italy separou alguns desses problemas e trouxe dicas de como driblá-los a seguir.

Conheça os 5 erros mais comuns ao pintar a casa sozinho

Saber quais são os erros mais comuns ao pintar a casa sozinho vai te ajudar a se preparar com antecedência. Leia este artigo antes de começar os preparativos para garantir que tudo está de acordo para uma transformação de qualidade. 

1. Usar ferramentas de má qualidade

Quando pensamos em pintar a casa sozinho, geralmente a primeira lembrança é em relação à tinta. No entanto, existem outras ferramentas cruciais para esse processo: lixa, tinta, pincel, materiais, além de analisar a superfície para saber qual altura de lã usar. Atualmente, existem os modelos de superfície lisa, semi rugosa e superfícies rugosas. 

Esses materiais também vão impactar na qualidade da pintura, então escolha com cuidado.  Um pincel de boa qualidade, por exemplo, aplica mais tinta de forma mais rápida, formando uma linha limpa e reta. Com os cuidados certos, o pincel pode durar a vida toda.

2. Não proteger o chão

Lembre-se: o objetivo é “repaginar” as paredes, não o chão. Na hora de pintar a casa sozinho, um dos erros mais comuns é esquecer de proteger o chão com papelão, jornal ou lona. 

Outro cuidado é no momento de retirar o excesso da tinta do rolo antes de levá-lo para a parede. Logo, se faz necessário utilizar a bandeja de pintura.

3. Escolher uma tinta inadequada para a superfície

Não podemos negar que a tinta é a grande “estrela” nessas horas. Assim, é importante lembrar que existem produtos adequados para cada tipo de superfície. A Lechler Tech, por exemplo, é a tinta mais indicada para PVC.

Se o seu objetivo for pintar a casa sozinho, consulte um vendedor para garantir que a tinta escolhida é de qualidade. Lembre-se: o barato pode sair caro e optar pelo produto mais em conta pode levar a resultados ruins.

4. Não preparar a superfície a ser pintada

Com produtos de qualidade e uma tinta adequada, é hora de preparar a superfície. Quem ignora esse passo pode verificar nervuras, pontos em alto relevo e falhas após pintar a casa sozinho

É preciso garantir que a área esteja limpa, seca e sem imperfeições. Uma dica extra é fazer esses processos em um dia seco de calor, pois a umidade influencia negativamente no resultado.

5. Ignorar as instruções do fabricante

Pouco adianta comprar uma tinta de qualidade se você não seguir as instruções do fabricante. Na embalagem, há orientações em relação à diluição ou ao intervalo mínimo entre demãos.

Na hora de pintar a casa sozinho, é preciso medir a área a ser pintada e ver qual é o rendimento da tinta informado pelo fabricante. Assim, garante que não haja sobra considerável nem falta do produto.

Com essas dicas, esperamos que você tenha as informações necessárias para pintar a casa sozinho. Agora chegou a hora: coloque a mão na massa e transforme a sua casa com a Italy Tintas! 

A empresa está desde 2011 no mercado, como representante exclusiva da marca IVE no Brasil. A matéria-prima para os produtos é importada da Itália — além do alto padrão de qualidade, o amplo catálogo de cores está atualizado com as principais tendências e cenários futuros da Europa.

Quer fazer algo incrível com a Italy Tintas? Então clique aqui e entre em contato agora mesmo com a empresa.

Postar um Comentário